terça-feira, 3 de junho de 2008

amoxicilina


O que é?

Amoxicilina é um antibiótico β-lactamico de espectro moderado utilizado no tratamento de infecções bacterianas causadas por microorganismos suscetíveis.


Fórmula molecular:

Há três tipos de amoxicilina que se diferenciam em sua fórmula molecular.

Amoxicilina anindra: C16H19N3O5S
Massa molecular: 365,4 g/mol
Amoxicilina sódica: C16H18N3NaO5S
Amoxicilina triidratada: C16H19N3O5S, 3H2O


Identificadores (C16H19N3O5S):

CAS ( o registro CAS de um composto químico, polímero, sequência biológica e liga é um número de registro único no banco de dados do Chemical Abstracts Service, uma divisão da Chemical American Society) : 2678 – 78 – 0

ATC (é uma das classificações mais utilizadas internacionalmente, para classificar as moléculas (substâncias) com acção terapêutica ) : J01CA04

PubChem (é um banco de dados de moléculas operado e mantido pelo National Center for Biotechnology Information (NCBI), que faz parte da National Library of Medicine, que por sua vez integra a National Institutes of Health do Estados Unidos da América ) : 33631

DrugBank (banco de dados disponibilizado pela Universidade de Alberta, é um recurso único de bioinformática e quimioinformática que combina dados químicos e farmacológicos detalhados a respeito de medicamentos, focando-se em registrar informações sobre sua substância ativa) : APRD00248


Farmaciocinética:

Biodisponibilidade: 95% oral
Metabolismo: menos de 30% biotransformado no fígado
Meia-vida: 61,3 minutos
Excreção: renal


Propriedades:

v Solúvel em:

Levemente: água, álcool metílico, álcool etílico.
Praticamente insolúvel: tetracloreto de carbono, clorofórmio, éter, óleos fixos.
Dissolve-se em: soluções diluídas, ácidas e alcalinas (na forma de hidróxidos).
Aparência: pó cristalino branco
Efeitos da amoxicilina no organismo:
As reações mais comuns são diarréia, náusea, vômito, sono e enjôo. Também podem ocorrer erupções ou rash cutâneo, podendo ser urticariforme ou macropapular, aparecendo, em geral, após cerca de uma semana após o uso. Reações alérgicas podem ocorrer principalmente em pessoas sensíveis as penicilinas e/ou naquelas com histórico de asma, eczema e febre do feno. Colite pseudomembranosa tem sido relatada em poucos casos. Também pode ocorrer febre, porém mais raramente. Alguns casos de neutropenia já foram descritos. Como as demais penicilinas, pode ocorrer nefrite intersticial, porém com baixa frequência. Alguns casos raros de convulsões em pacientes com nível sérico muito elevado foram relatados. Raramente pode ocorrer dor e escurecimento da língua. Podem ser verificadas superinfecções por germes resistentes quando a amoxicilina for utilizada por um longo tempo.
Indicação:
Amoxicilina costuma ser indicada para uso em antibioticoterapia tanto humana como animal. Variam, naturalmente, para as duas aplicações, pois que distintas, as doses e os critérios a serem aplicados. Tem-se mostrado eficiente por exemplo, na cura da Bronquite e Amigdalite.
Contra-indicação:
A Amoxicilina compartilha o potencial de toxicidade das penicilinas, incluindo o risco de reações de hipersensibilidade, e as usuais precauções tomadas na terapia com penicilinas devem ser observadas. Antes de iniciar a terapia comAmoxicilina, cuidadosa pesquisa deve ser feita a respeito de anteriores reações de hipersensibilidade a penicilinas, cefalosporinas, ou outros alergênicos. Existem evidências clínicas e laboratoriais de que há parcial alerginicidade cruzada entre penicilinas e outros beta lactâmicos incluindo cefalosporinas e cefamicinas. Amoxicilina é contra indicado a pacientes que são hipersensíveis a qualquer penicilina.Pela alta incidência de desenvolvimento de rash em pacientes com mononucleosis em terapia com aminopenicilinas, a Amoxicilina não deve ser usada em pacientes com essa doença.Avaliações dos Sistemas Renal, Hepático e Hematológico devem ser feitas regularmente em tratamentos prolongados com Amoxicilina.O uso seguro de Amoxicilina na gravidez não foi, ainda, confirmado embora, o seu uso é corrente no tratamento de infecções por Clamídia na gravidez.Por sua distribuição no leite materno, a Amoxicilina deve ser usada com cuidado por mulheres que estão amamentando. Pode haver a sensibilização da criança através do leite materno.
Classe:
O antibiótico pertence a classe das penincilinas.
Curiosidade:
tem em sua estrutura química o grupo amino ionizável, apresentando a vantagem de começar a agir no trato gastrointestinal. Por ser um antibiótico beta lactâmico atua destruindo a parede das células bacterianas, pois se une a uma grande variedades de proteínas responsáveis pela síntese de enzimas que alimentam bactérias infecciosas, deixando-as sem ação.

Um comentário:

Bel disse...

Autor desconhecido,

Faltou as referências, melhor formatação e sintetizar as informações, principalmente no final.